quarta-feira, 15 de novembro de 2017

BDC - Coluna de Notícias 795. (Anexo slide: Aranha).

"DEMOCRATIZANDO A COMUNICAÇÃO – Coluna de Notícias"

Uma forma diferente de noticiar!"

Ano X – Edição nº 795 (geral) e 47 do ano. Fontes de informações: rádios, tv, jornais e e-mails.

*Hermes Alves de Oliveira, idealizador e editor – Criado em 13 de outubro de 2007.

Contatos telefônicos: (084) 98125-2674/Vivo, 98848-2592/Oi, 99416-4808/Claro, 99921-5275/Tim, 99948-4013/WA.

Contatos eletrônicos: hermesoliveira1@hotmail.com / http://democratizandoacomunicacao.blogspot.com.br/.

Mossoró/RN, quarta-feira, 15 de novembro de 2017. Edição Especial - Atualizações aos sábados.

Túnel do tempo = Ano: 2017. Semana: 46/52, dias: 319/365 e faltam 46 dias para o final do ano.

"Causos e poesias democráticos!"

"NETO BOSTEIRO: Posudo em nossa cidade é sinônimo de bosteiro. Neto (bosteiro) Andrade, posudo que só ele, vem caminhando todo inchado quando alguém lhe diz: Deixe de pose, Neto! Ele: E vou viver de que?" Causos do Pirata 2, Julho/2016. Abraços, Mané Beradeiro - Cidadão da lendária e mítica São Sarauê. Contador de Causos e declamador de poesia matuta na literatura do Rio Grande do Norte. (Francisco Martins – Escritor e criador d'O Mané Beradeiro. www.franciscomartinsescritor.blogspot.com).

 

Estimados/as Amigos/as:

Nessa semana comentei que a Campanha Salarial 2017 dos servidores estaduais estava na reta final e, mais uma vez, sem êxito de resultados diretos frente ao governo. Diante das greves na Saúde e na UERN (docentes) e acirramento de lutas, já começo a pensar que é ora das demais categorias somar com os companheiros e fortalecer o movimento grevista a exemplo da unificação das categorias em 1995, histórica greve que resultou reajuste salarial em 20% (média) de forma linear. Observe-se que naquela época a conjuntura da era FHC era muito mais repressiva! Boa leitura nobre leitor/a.

 

BOLSA FAMÍLIA TERÁ AUMENTO REAL ATÉ MARÇO OU ABRIL, diz ministro. – RIO - O governo federal pretende dar aumento real para o benefício do Bolsa Família, afirmou o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra. A ideia é reajustar o valor pela inflação e mais um pouco. O aumento será dado em março ou abril, segundo Terra, o que não seria um problema por questões eleitorais.

"Este ano próximo deve ter um reajuste do Bolsa Família, de inflação e mais um pouco. A redução da inflação também ajuda. O Bolsa Família ficou dois anos sem reajuste antes de entramos no governo, com inflação de 10% ao ano, o que praticamente comeu 25% do valor", afirmou Terra, após a cerimônia de lançamento do Programa Emergencial de Ações Sociais para o Estado do Rio de Janeiro e Municípios, numa unidade da Marinha do Brasil na Avenida Brasil, zona norte do Rio.

O ministro calculou que o orçamento do Ministério do Desenvolvimento Social ficará em R$ 91 bilhões em 2018, acima do de 2017, incluindo gastos com o INSS e o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que está sob sua alçada. Segundo Terra, houve economia de recursos com revisões nos gastos com auxílio-doença. Somente neste ano, a economia foi de R$ 5 bilhões. FONTE: sosconsumidor.com.br/.

 

MOSSORÓ: CONSUMIDOR SERÁ INDENIZADO APÓS CONSTRUTORES NÃO ENTREGAREM OBRAS. O juiz Manoel Padre Neto, da 4ª Vara Cível de Mossoró, autorizou um consumidor, diante do inadimplemento contratual das empresas Cidade Alta Construções e Empreendimentos Imobiliários Ltda e SCOPEL SPE-08 Empreendimentos Imobiliários Ltda., a contratar quem realize as obras necessárias à conclusão do loteamento Campos do Conde, naquele município, a fim de que o lote por ele adquirido lhe seja entregue, devendo, para tanto, apresentar orçamentos feitos por três empresas, para que seja escolhido o de menor valor.

O magistrado também determinou que, em seguida, as empresas sejam intimadas para realizar o depósito correspondente, no prazo de 10 dias. Caso não o façam, será feita bloqueio, via Bacenjud, para posterior liberação em favor da empresa contratada, de acordo com o cronograma e evolução das obras, ficando todo o acompanhamento das obras a cargo do autor.

Na mesma sentença, o juiz condenou as empresas, solidariamente, ao pagamento de indenização por danos morais no patamar de R$ 8 mil, com juros e atualização monetária, fluindo ambos os encargos a partir da data da sentença, até a data do efetivo pagamento.

Ele determinou que permaneçam suspensos os pagamentos das prestações mensais e balões, até que o lote seja entregue ao consumidor, devendo as empresas se absterem de realizar cobranças e/ou de lançar o nome do cliente em qualquer cadastro de restrição ao crédito. FONTE: www.trjrn.jus.br/.

 

ADUERN: ATO UNIFICADO NA GOVERNADORIA.A ADUERN (Associação dos Docentes da Universidade do Estado do RN) está disponibilizando um transporte para a mobilização unificada, na Governadoria, em Natal, quinta-feira, dia 16/11. Os docentes da UERN seguem acampados na Governadoria até que Robinson Faria negocie o pagamento dos salários atrasados.

TRANSPORTE: A transporte sairá da ADUERN as 6 horas da manhã e o café da manhã será na cidade de Lages/RN.

 

EDILEUSA MARTINS, REPÓRTER POR UMA EDIÇÃO. – Resumo da reunião surpresa com Tatiana Mendes - Participaram da reunião Alex Donato (ADUERN) e Rosália (SINDSAÚDE) - Tatiana Mendes (G. CIVIL) falou que não tinha dinheiro para pagar salários. "Está se estudando o pagamento de quem recebe até R$ 3 mil da sexta pro sábado (17/18)". Alex e Rosália condenaram a proposta haja vista que não concordam cm a divisão salarial e muito menos com essa data tão dilatada. TM afirmou não ter mais nada a oferecer e propôs uma nova conversa na quinta-feira com toda a equipe administrativa (mas sem a participação do Governador). Ela demonstrou estar pressionada pela manifestação e o acampamento dos servidores. Diante disso a Direção da ADUERN e SINDSAÚDE faz um chamado para que todos os servidores façam peso na ocupação e na quinta (16) lotem o gramado da Governadoria, fazendo com que o Governo tenha que apresentar uma proposta decente para os grevistas. #GrevePorDignidade.

Companheiros técnicos proponho um ato de coragem e apoio aos docentes que estão em Natal. Vamos ao acampamento na quinta-feira mostrar que não concordamos com o resultado da última assembléia e, de fato, #somostodosUERN. Edileusa Martins – Técnica-Administrativa da UERN.

 

BRONCA DO LEITOR/INTERNAUTA (569). – Olá pessoal, bom dia! Um novo escândalo no RN, um novo escândalo no RJ, aqui envolve o Governador do Estado Robinson Farias, no Rio, o presidente da Assembleia Legislativa e sua família, dentre eles, o atual Ministro do Esporte do famigerado do malicioso, o astuto, o criminoso e corrupto contumaz Governo Temer. Aqui no RN Robinson é acusado pelo Ministério Público de se beneficiar de recursos da Assembleia Legislativa quando era seu presidente. No Rio, o atual Pte. da Assembleia Legislativa é acusado de receber propina do sistema de transporte daquele Estado, em comum uma coisa une os malfeitores desta etapa de escândalos: são aliados do igualmente corrupto Temer. Quantas vezes teremos que fazer estes registros para que eles se toquem? Quantas vezes? Quando será que a sociedade vai se injuriar, se indignar de vez com o mal maior que assola nosso país e dilacera o tecido social do nosso povo, a corrupção? Quantas vezes teremos que fazer esse registro, de um novo escândalo, no RN, no RJ e Brasília!, para uma tomada de posição? Até quando?

 

FIQUE SABENDO... "Greve unificada não é sinônimo de pautas unificadas (estamos em construção...). Por Cledna Dantas – Técnica Administrativa da UERN. FONTE: Whats App pessoal, em 13/11/2017.

Bom, como três minutos não foram suficientes para explicar uma proposta numa assembleia, principalmente quando há a insistência em distorcer os fatos, aí vai mais uma vez.

Greve unificada não é a mesma coisa de pautas unificadas dos servidores do RN. Isso seria impossível! Até porque são categorias diversas que têm suas pautas específicas, mas, também, têm pautas comuns. Ora, ninguém tem a pretensão de ser vidente e, assim que propor, já apresentar algo pronto e acabado. O que foi falado e proposto foi uma CONSTRUÇÃO de greve unificada.

Quando alguém fala que vai construir uma casa, não há como chegar no terreno e a casa já está pronta, ela está em construção, óbvio. A proposta foi de CONSTRUÇÃO de uma greve unificada que quer dizer a unificação das lutas dos servidores do RN e até de pautas se quisermos construir, mas as comuns.

Uma unificação das lutas dos servidores que têm motivos para lutar, visto que seria demais, bem forçoso, querer que servidores que não têm motivos somem na luta se nem os que têm querem somar. Rs. Repito, CONSTRUÇÃO de unificação das lutas! Difícil acreditar que foi entendido o contrário. O alento é saber que nem todos caíram nesse conto da demagogia que não "entende" um simples processo de construção de luta, desviando o foco para uma pretensa "realidade" mágica.

Ficarei com a realidade concreta que nos comprovou a verdade diante dos nossos olhos, sem ilusões, nem magias, nem distorções porque a realidade não se nega. Embora tentem negá-la, tivemos a comprovação da verdade na realidade concreta com a tentativa de CONSTRUÇÃO de greve unificada e demonstração, semana passada, de quanto os servidores unidos têm forças para lutar contra o nosso verdadeiro inimigo, o governo que nos retira direitos e que prontamente entrou em negociação porque greve unificada o assustou e muito!

Esse mesmo governo que está adorando saber que somos desunidos, aplaudindo essa nossa triste derrota e até incentivando-a. Ou também não ficou "claro" que o governador recebe o sindicato dos técnicos e não recebe os professores, estrategicamente, para nos segregar entre os depenados que "dialogam" e os depenados subversivos? (Depenados no sentido de maltratados sem pena, sem dó, nem piedade).

Toda solidariedade e força aos nossos colegas professores para enfrentar o massacre desse governo. Infelizmente, não "somos todos UERN"! (Pobres avata's dos perfis dos face's). Ah, e todo meu respeito também. Desculpe o desrespeito alheio, sem vergonha, sem nenhum pudor, proferido aos professores, mais uma vez. Esse tipo de caráter está levando o Brasil a mergulhar na intolerância e no ódio. Licença, eu tive e tenho outra criação e educação, jamais compactuarei com isso. E são essas pessoas que irão construir um mundo melhor. Paciência! Se aveche não, pois estamos em CONSTRUÇÃO!

 

CONQUISTE SEU EMPREGO:

AL: O IFAL – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, realizará CONCURSO PÚBLICO oferecendo 20 (vinte) VAGAS PARA PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO, inscrições abertas no período de 16/11 a 14/12/2017. Escolaridade exigida: MÉDIO / SUPERIOR. Salários: até R$ 9.585,67;

SE: A UFS – Universidade Federal de Sergipe realizará CONCURSO PÚBLICO, oferecendo 14 (quatorze) VAGAS PARA TÉNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO, inscrições abertas no período de 17 a 24/11/2017. Escolaridade exigida: MÉDIO. Salários: até R$ 2.446,96. Maiores informações pelo edital no site: www.pciconcursos.com.br/concursos.

 

PANO RÁPIDO:

ELVIS PRESLEY: DOCUMENTO DE DIVÓRCIO É LEILOADO POR R$ 85,8 MIL. O documento original do divórcio entre o cantor Elvis Presley e a atriz Priscilla Presley, em 1972, foi a leilão no Reino Unido. Um colecionador dos Estados Unidos arrematou a certidão por cerca de R$ 85,8 mil.

Andrew Aldridge, leiloeiro responsável pelo lote, disse em entrevista a BBC que o documento tem valor elevado pelo jeito como Elvis o assinou. "É extremamente raro Elvis assinar com seu nome completo, Elvis Aaron Presley, e Aaron com os dois A, como em sua lápide", falou Aldridge. Cada uma das 12 páginas contém detalhes fascinantes e oferecem ao leitor um vislumbre do acordo. Nos termos do divórcio, ficou acertado que Elvis daria sua famosa Mercedes-Benz 1971, um Cadillac Eldorado 1969, uma moto Harley Davidson 1971, US$ 100 mil (cerca de R$ 1,9 milhão, em valores atualizados) e ainda receberia metade da renda do aluguel de três imóveis que eles adquiriram quando casados.

Elvis e Priscilla se casaram em 1968, após se conhecerem em um show que ele fez em uma base militar na Alemanha, e tiveram uma filha: Lisa Marie Presley. Mesmo após o divórcio, os dois ainda continuaram próximos e, após a morte do cantor em 1977, Priscilla se tornou sua representante legal. FONTE: walgom.com.br, em 13/11/2017.

 

REGISTROS:

AMIGOS/AS DE PARABÉNS NA SEMANA!"Chegou a hora de apagar a velinha / Vamos cantar, aquela musiquinha! / Parabéns! / Parabéns! Pelo seu aniversário!" - Dia 12: Carlos Antônio – Sindicalista e Lindalva Melo. Seguidos por: Antônio Capistrano e Bino Oliveira - Professores, Ivanilda Xavier – FUNDAC e José Nélio – EMATER/RN (13); Tony Silva – FUNDAC (14); Gilberto Oliveira – Prof. e Nívea Barbalho – A. Social (15); Cid Augusto da Escóssia e Josivan Barbosa – Professores e Max Paiva (16); Alcivan Costa – Fotógrafo, Allicus Filgueira, Caio César Muniz – Poeta (17). E dia 18: Francisco Santos (Tico) e Isaura Castro.

 

DO AMIGO/A LEITOR/INTERNAUTA: "Prezado Hermes, cumprimento pelo seu trabalho. Walter Gomes". – Obrigado mestre jornalista e maestro do Portal Walter Gomes, onde sintoniza vastos assuntos numa orquestra literária do mundo jornalístico. Saúde e paz amigo!

 

MEMÓRIA:

HÁ 15 ANOS! – Mossoró ganhou mais uma companhia teatral, com a Fundação do Grupo de Teatro O Pessoal do Tarará, em 13 de novembro de 2002.

NA EDIÇÃO Nº 741/2016 (de 13/11), tratamos do seguinte tema: Grandes lojas escondem taxa de compras a prazo; Como funciona a semana nacional de conciliação; Evânio Araújo, repórter por uma edição; Bronca do leitor/internauta (523) – por Carlos Santos; Fique sabendo... "A última viagem de um maquinista do transporte férreo de passageiros". Por José Romero Araújo Cardoso - Professor.

DIA: hoje é Dia da Proclamação da República, Dia do Esporte Amador e Dia do Joalheiro. Amanhã (16) será Dia do Não Fumar e dia da Intolerância.

 

DO MUNDO ARTÍSTICO:

Foi uma cantora brasileira de forró, baião e xaxado, entre outros ritmos. Filha de pai seresteiro, iniciou a carreira na banda Patrulha de Choque do Rei do Baião, que formou com o marido Abdias e o zabumbeiro Cacau para se apresentar na abertura dos shows de Luiz Gonzaga. Gravou o primeiro disco em 1956, já à frente do grupo Marinês e sua Gente, com o qual se consagrou. A canção que consagrou Marinês foi "Peba na Pimenta", de João do Vale, José Batista e Adelino Rivera, que causou polêmica na época em que foi gravada, devido ao seu duplo sentido. Ela aparece interpretando a canção no filme Rico Ri à Toa 1957. Marinês morreu em 14 de maio de 2007, aos 71 anos. Ela se recuperava no Real Hospital Português de Beneficência, em Recife, de um Acidente Vascular Cerebral sofrido dias antes. O corpo da cantora foi sepultado no dia 15 de maio de 2007 no Cemitério Campo Santo Parque da Paz em Campina Grande, Paraíba. A Primeira canção gravada por Marinês foi em 1956, com Luiz Gonzaga, intitulada por Mané e Zabé. Reportamo-nos sobre INÊS CAETANO DE OLIVEIRA (in memorian), artisticamente conhecida por MARINÊS (também como rainha do forró e do xaxado), nasceu em 16/11/1935, em São Vicente Férrer/PE e faleceu aos 71 anos em Recife/PE, no dia 14/05/2007. DISCOGRAFIA: Gravou 36 discos (30 LP e 06 CDs) entre 1957 e 2006. Seus dotes artísticos são: Cantar, dançar e percussão. Gênero: Forró, baião e xaxado. Atividade: 1956/2007. FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Marinês.

 

DEMOCRATIZANDO A POESIA:

 

"O cachorro borboleta" (Poesia de Rosângela Trajano).

 

O cachorro borboleta
Gostava de voar
Sair correndo
Muito brincar.

 

O cachorro borboleta
Seu dono amava
Era um menino
Que dele gostava.

 

O cachorro borboleta
De nome engraçado
Via a lua cheia
Latia maravilhado.

DEDICO ESTA EDIÇÃO: aos esportistas amadores, joalheiros e aos não-fumantes.

QUEM canta...

"No meu Cariri / Quando chuva a chuva não vem / Mão fica lá ninguém / Somente Deus ajuda, se não vier do céu / Chuva que nos acuda / Macambira morre, chique-chique seca / Juriti se muda...". ("Meu Cariri" – Composição: Rosil Cavalcanti. Canta: Marinês.).

... os males espanta!

ANTES DE IMPRIMIR REFLITA SE É REALMENTE NECESSÁRIO, O MEIO AMBIENTE AGRADECE!

*Hermes Alves de Oliveira (58 anos), é sindicalista, natural de Mossoró/RN, Técnico-Administrativo aposentado pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, admitido em 1º de agosto de 1976. Por vinte anos dedicou seus serviços no então Instituto de Letras e Arte - ILA, hoje FALA – Faculdade de Letras e Artes, onde ocupou o cargo de Secretário da FALA por quatro anos. É sócio fundador da antiga AFFURRN – Associação dos Funcionários da FURRN (hoje SINTAUERN) onde ocupou o cargo de tesoureiro na gestão 1985/1988. Em 1997 integrou equipe da Assessoria de planejamento da UERN (1997/1998), passou pela Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (03 anos), e foi Membro (suplente) do Conselho Curador da FUERN – Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2008/2010). Integrou o CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social (como suplente na primeira gestão em 1996/2000) e assumiu a titularidade (2000/2002) e posteriormente o CMS – Conselho Municipal de Saúde (2003/2006). Foi editor e apresentador do Programa Trabalho e Cidadania pela extinta FM Alternativa (96,5) no período de 2001/2006. De 18/07/2012 a 09/09/2014 foi suplente no CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social, representando a Sociedade Civil pelo SINAI. Por treze anos (2001/2014) trabalhou na Faculdade de Direito da UERN, lotado no Departamento de Direito e depois na Secretaria da Faculdade que, completados 38 anos de contribuição a IES, aposentou-se em setembro de 2014. É funcionário da DATANORTE (ex-COHAB) desde outubro de 1981. Milita nos movimentos social e sindical desde 1980, onde ocupou vários cargos como diretor do SINAI – Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Direta e Indireta do RN na Regional do Médio Oeste em Mossoró, no período de julho/1995 a novembro de 2016. Em 23/11/2016 tomou posse no Conselho de Representantes Sindical do SINAI para mandato no triênio 2016/2019.


Livre de vírus. www.avast.com.

domingo, 12 de novembro de 2017

BDC - Coluna de Notícias 794. (Anexo slide: Amanhecer com Deus).

"DEMOCRATIZANDO A COMUNICAÇÃO – Coluna de Notícias"

Uma forma diferente de noticiar!"

Ano X – Edição nº 794 (geral) e 46 do ano. Fontes de informações: rádios, tv, jornais e e-mails.

*Hermes Alves de Oliveira, idealizador e editor – Criado em 13 de outubro de 2007.

Contatos telefônicos: (084) 98125-2674/Vivo, 98848-2592/Oi, 99416-4808/Claro, 99921-5275/Tim, 99948-4013/WA.

Contatos eletrônicos: hermesoliveira1@hotmail.com / http://democratizandoacomunicacao.blogspot.com.br/.

Mossoró/RN, sábado, 11 de novembro de 2017. Edição Especial - Atualizações aos sábados.

Túnel do tempo = Ano: 2017. Semana: 46/52, dias: 316/365 e faltam 59 dias para o final do ano.

"Causos e poesias democráticos!"

"A morte é o último dos sarcasmos". Machado de Assis. DA SÉRIE ASSIM DISSERAM ELES. Referências: Assis Machado. Papéis Avulsos II. In: Carta do Desembargador X... ao chefe de Polícia da Corte. São Paulo: Globo, 1997, p. 86. Abraços, Mané Beradeiro - Cidadão da lendária e mítica São Sarauê. Contador de Causos e declamador de poesia matuta na literatura do Rio Grande do Norte. (Francisco Martins – Escritor e criador d'O Mané Beradeiro. www.franciscomartinsescritor.blogspot.com.br).

 

Estimados/as Amigos/as:

Desde ontem (sábado) estão valendo as novas regras para os trabalhadores e trabalhadoras formais no país da desordem no congresso. É a chamada reforma trabalhista aprovada de forma mais cruel que se possa pensar, deputados federais atentos aos interesses, primeiro pessoais, não tiveram a coragem de abrir um amplo debate com os diretamente afetados através de seus representantes, no caso, as entidades classistas. Atenderam os interesses dos empresários que os financiaram nas campanhas eleitorais e agora cobraram a fatura superfaturada, pois, teve mais grana para consolidar os interesse deles, menos dos que produzem as riquezas do país com muito suor. Boa leitura nobre leitor/a.

 

JUSTIÇA REDUZ PREÇO DE PASSAGEM DE ÔNIBUS. – Rio. A juíza Luciana Losada Lopes, titular da 13ª Vara de Fazenda Pública do Rio, determinou que a Prefeitura carioca reduza em mais R$ 0,20 o valor da passagem dos ônibus municipais. A magistrada considerou abusivo o Decreto 41.190/2015, que autorizava o aumento da tarifa. A Prefeitura tem prazo de 48 horas, a partir da intimação, para diminuir o valor da passagem para R$ 3,40, sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil, em caso de descumprimento.

O valor da tarifa dos ônibus já havia caído de R$ 3,80 para R$ 3,60, em agosto, por decisão da 20ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, em razão de outro decreto municipal (nº 39.707/14), autorizando a aplicação do adicional de R$ 0,20 no reajuste.

"Defiro a tutela de urgência para determinar a suspensão imediata dos efeitos do Decreto Municipal nº 41.190/2015 com a exclusão da estrutura tarifária do acréscimo de R$ 0,20 (vinte centavos) ao reajuste contratual autorizado a partir de 1º de janeiro de 2016. Intimem-se, com urgência, o Município do Rio de Janeiro bem com os consórcios para que cumpram a presente decisão, no prazo de 48 horas, a contar da intimação, sob pena de aplicação de multa diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais)", determinou a magistrada. Processo nº 0241155-35.2016.8.19.0001. Fonte: TJRJ - Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, na base de dados do site: sosconsumidor.com.br.

 

CURSO: "CONCEPÇÃO E PRÁTICA SINDICAL". Destinado aos dirigentes sindicais e ativistas de base, o curso tem objetivo de fortalecer os movimentos diante da atual conjuntura que passa o movimento sindical no mundo e Brasil. O curso é promovido por ADUERN (Associação dos Docentes da UERN), SINDSAÚDE (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do RN) e SINAI (Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN) sob a elaboração do ILAESE de Natal.

Cada sindicato disponibiliza 15 (quinze) vagas e as inscrições são feitas com a direção das entidades gratuitamente. O local do evento é no Auditório do SINDSAÚDE situado na Av. Prudente de Morais, 0940, Bairro Santo Antônio - próximo ao Hospital Rafael Fernandes.

Outras informações liguem: SINAI (84) 3321-1271 ou 9.9913-9713, ADUERN (3312-2324) e SINDSAÚDE (3316-9518).

 

SECOM: FESTA DA CATEGORIA COMERCIÁRIA. – Mossoró. A festa da categoria comerciária será realizada na quarta-feira (15) no SESI, iniciando às 07h. e se encerrando às 17h. PROGRAMAÇÃO: Abertura com bênção ecumênica, Final do Torneio de Futsal, 1º Torneio Feminino de Atletismo (arremesso de peso e corrida), Recreação para crianças (com o palhaço Mole-mole promovendo brincadeiras e distribuindo brindes), Banho de piscina, Festa Dançante com a Banda Flor Mania, Feijoada e encerramento como tradicional Bingo Comerciário (só para os sócios presentes).

O QUE FUNCIONARÁ NO FERIADO DO DIA 15: Supermercados e mercantis de 07 às 13h, Lojas do Partage Shopping de 14 às 20h. Com pagamento da diária em dobro. FONTE: Informativo Comerciário, n. 178, SECOM – Novembro de 2017.

 

FRANCISCO MARTINS, REPÓRTER POR UMA EDIÇÃO. - A presidente da Academia Ceara-mirinense de Letras e Artes "Pedro Simões Neto" – ACLA, Joventina Simões de Oliveira, tem o prazer de convidar V. Sa. e família para a sessão solene em comemoração ao aniversário de sete anos da Academia, a realizar-se no dia 18 de novembro de 2017, às 18h, na Estação Cultural Roberto Varela em Ceará-Mirim/RN.

PROGRAMAÇÃO:

- Posse dos acadêmicos André Felipe Pignataro Furtado de Mendonça e Menezes e Francisca Maria Bezerra Lopes;

- Homenagem aos Ceará-mirinense que se destacaram no campo das artes;

- Lançamento do primeiro número da revista da ACLA;

- Lançamento da Plaqueta "Ceará-Mirim: nos trilhos da História" da professora e pesquisadora Cleoneide Maria Maciel da Silveira;

- Apresentação da Banda de Música Municipal Tenente Djalma Ribeiro da Silva;

- Encerramento. Sintam-se todos convidados, Fco. Martins Alves Neto – Membro da ACLA.

 

FIQUE SABENDO... A Fraude da "Cura Gay" – (re)patologização da homossexualidade, nunca mais! (3/3). Alipio De Sousa Filho – Professor da UFRN, cientista social, editor da Revista Bagoas: estudos gays gênero e sexualidade/UFRN. Autor de "Tudo é construído! Tudo é Revogável! A teoria construcionista crítica nas ciências humanas" (Cortez Editora, 2017) - www.cchla.ufrn.br/alipiosousa - Tel.: (84) 9-9431-0432. FONTE: e-mail pessoal, em 23/10/2017.

Ser humano sem desejo é ser humano morto. Aliás, que pretende essa gente que procura "curar" o desejo de gays? Produzir mortos-vivos? Zumbis do desejo?

É fato que a ideologia (como discurso de poder, inversão da realidade, imaginário da dominação social e dispositivo de produção da sujeição dos indivíduos … a ideologia não é o que os autores da falácia sobre "ideologia de gênero" chamam de ideologia) procura colonizar o imaginário social de um modo tal que impeça o próprio imaginário imaginar, e que nada possa ser pensado/imaginado fora do que já se encontra instituído. Nesse sentido, a ideologia funciona contra a imaginação, petrificando o pensar, o imaginário. No âmbito do sexual e do gênero, a ideologia procura fazer crer que nada pode existir fora da herossexualidade, da família heterossexual, do binarismo masculino/feminino e este como corresponde às figuras instituídas do homem e da mulher segundo estandardizações que se pretendem apoiadas em dados biológicos. Mas intento que fracassa. Como já assinalou o filósofo Cornelius Castoriadis, nada pode contra o imaginário radical instituinte. Sempre há imaginação para além da realidade instituída. E a imaginação cria, faz nascer, institui: nossos transgêneros, os casais gays, o amor homossexual… são bons exemplos que subverteram, para todo o sempre, as ideias de gênero, casamento, amor, afetividade etc. E se o filósofo Gilles Deleuze estiver certo: tudo o que há é o desejo e o social. Mas o social, que busca controlar ou impedir desejos, também experimenta as resistências destes, suas insistências e permanências. Pois porque, onde há ser humano há desejo. Ser humano sem desejo é ser humano morto. Aliás, que pretende essa gente que procura "curar" o desejo de gays? Produzir mortos-vivos? Zumbis do desejo? E que se diga mais: toda pretensão de "cura" do desejo alheio é ela mesma (como pretensão) desejo-infeliz, pois desejo fadado ao fracasso!

Todavia, imaginação e desejo, irrompendo sempre onde parece imperar unicamente norma e ordem "naturais" e "irrevogáveis", exprimem-se também nos LGBTI que, hoje, rompem com toda tentativa de sujeição a diagnósticos da homossexualidade, da transexualidade ou da intersexualidade como "patologias", "atos anormais", não aceitando mais serem considerados portadores de uma sexualidade à parte, que merece que se investigue sua "causa" –  e "causa" a ser removida, para que se convertam à heterossexualidade, tida por única forma saudável e normal, tal como pessoas se convertem a crenças religiosas, a "boas causas", a "caminhos da salvação"; essa é a falsa promessa da fraude da "cura" de gays por "terapias de reversão da orientação sexual". Caberia perguntar se aquelas e aqueles que apregoam a ideia estariam dispostos a reverter a orientação sexual de heterossexuais que tenham desejos homoeróticos para que, definitivamente, tornem-se gays…

O que precisamos todos, e não apenas LGBTI, é nos libertar dessa ideia de sexualidade como algo da ordem do biológico, do psíquico, objeto de etiologias e diagnósticos, sempre ideológicos, e adotarmos, de uma vez por todas, o entendimento que, concernente aos assuntos de sexo e gênero, estamos diante sempre, e apenas, de práticas (sociais) do desejo, da libido e dos afetos, construídas e sedimentadas em cada um e em todos pela junção de variáveis diversas, algumas delas insondáveis. E, como práticas sociais, cuja singularidade em cada um tem forma própria, não devem mais ser vistas como emergindo de dentro para fora dos indivíduos, com o que se cai na tentação de se buscar a "causa" (e a "cura"), mas como realidades cuja emergência e permanência é da ordem de aprendizados e vivências sociais, coletivas, individuais, definidores do curso que cada um seguirá e adotará como seu – sem prejuízo do quer que seja. Que as sociedades humanas constroem suas instituições e por meio delas tentam controlar as ações humanas, incluindo aquelas dos domínios do desejo e do sexual, todos sabemos! Nomear a homossexualidade como "desvio" ou "interrupção no desenvolvimento do curso normal da sexualidade", produzindo sua patologização e psicopsiquiatrização, e oferecer sua "cura", é um exemplo de atuação dessas instituições, que, criando a ideia de "sexualidade", agem também para seu controle!

Mas, gays de todas as partes, uni-vos! E gritai, como o fez a Frente de Libertação Homossexual na França dos anos 1970: o buraco do nosso cu não é assunto privado, mas público, político e revolucionário!

Aqueles que vivem são aqueles que lutam.

Victor Hugo.

Iacta alea esto.

 

CONQUISTE SEU EMPREGO:

PI: A Prefeitura de Floriano/PI realizará PROCESSO SELETIVO oferecendo 376 (trezentas e setenta e seis) VAGAS PARA VÁRIOS CARGOS, inscrições reabertas até o dia 04/12/2017. Escolaridade exigida: MÉDIO / SUPERIOR. Salários: até R$ 5.000,00;

RN: O ITEP – Instituto Técnico-Científico de Polícia realizará CONCURSO PÚBLICO, oferecendo 156 (cento e cinquenta e seis) VAGAS PARA VÁRIOS CARGOS, inscrições abertas até o dia 19/12/2017. Escolaridade exigida: MÉDIO / SUPERIOR. Salários: até R$ 7.440,00. Maiores informações pelo edital no site: www.pciconcursos.com.br/concursos.

 

PANO RÁPIDO:

CONJUNÇÃO ENTRE JÚPITER E VÊNUS SERÁ VISTA NA SEGUNDA-FEIRA (13). Uma conjunção espetacular entre Vênus e Júpiter será visível no início da manhã da próxima segunda-feira (13). Durante a conjunção, os dois planetas parecerão bem próximo um do outro, ou seja, a uma distância angular de 0,3 segundos. Isso é menor do que o diâmetro aparente da Lua, que é de 0,5 segundo de arco. No Brasil, os planetas surgirão no horizonte (leste) por volta das 5h da manhã (horário de verão), cerca de 3h depois de terem atingido a "conjunção" e por isso ainda parecerão muito próximos. As conjunções entre dois planetas ocorrem quando eles atingem a mesma ascensão reta, ou a mesma longitude eclíptica, conforme observados a partir da Terra. Como, do ponto de vista da Terra, os planetas do Sistema Solar orbitam aproximadamente no mesmo plano, eles parecem viajar lado a lado e quando as conjunções ocorrem, parecerão estar muito próximos. FONTE: portaldasciencias.com.br/.

 

REGISTROS:

AMIGOS/AS DE PARABÉNS NA SEMANA!"Chegou a hora de apagar a velinha / Vamos cantar, aquela musiquinha! / Parabéns! / Parabéns! Pelo seu aniversário!" - Dia 12: Carlos Antônio – Sindicalista e Lindalva Melo. Seguidos por: Antônio Capistrano e Bino Oliveira - Professores, Ivanilda Xavier – FUNDAC e José Nélio – EMATER/RN (13); Tony Silva – FUNDAC (14); Gilberto Oliveira – Prof. e Nívea Barbalho – A. Social (15); Cid Augusto da Escóssia e Josivan Barbosa – Professores, Max Paiva (16); Alcivan Costa - Fotógrafo, Allicus Filgueira e Caio César Muniz – Poeta (17). E dia 18: Francisco Santos (Tico) e Isaura Castro.

 

DO AMIGO/A LEITOR/INTERNAUTA: "Camarada Hermes, bom dia! Através da sua coluna quero mandar parabéns a Rosilene Soares pela sua colocação sobre a rádio FM 105. E pelo que ouço nas tardes ainda sai um besteirol. Mais vamos torcer que volte realmente ao que era, com a boa música de qualidade. Um abraço do camarada Carlos Santos (UERN)". – Muito bem camarada Carlos, grato pela sua colaboração e espero que os amigos e amigas, daqui, façam ecoar nossos clamores para que a emissora evangelizadora faça brotar as sementes de bons talentos. Pois, da forma que está é de aborrecer o ouvinte de bom senso musical. Saúde e paz, irmão!

 

MEMÓRIA:

HÁ 39 ANOS! – Inauguração da nova sede do SESC/Mossoró, Rua Dr. João Marcelino, com atração nacional de alto nível, Luiz Gonzaga e Jair Rodrigues, em 11/11/1978. FONTE: Blog Democratizando a Comunicação.

NA EDIÇÃO Nº 740/2016 (de 05/11), tratamos do seguinte tema: Vôo atrasado: passageiros devem receber R$ 35 mil da TAM; Governo anuncia pagamento parcialmente; Bronca do leitor/internauta (521), por José Santos Diniz; Fique sabendo... "Vocês sabem o que é uma Universidade, moços e moças?". Por Coletivo #EuSouUERN – Por uma universidade Viva. Resistimos! Texto e sugerido pelo Prof. José Ronaldo Silva – UERN/FANAT.

DIA: hoje é Dia Nacional do Supermercado e Dia Internacional de Qualidade. Amanhã (13) será Dia do Moço Espírita, Dia do Mau Humor (Porto Alegre) e Dia Mundial da Gentileza.

 

DO MUNDO ARTÍSTICO:

Filho mais velho do violonista Benedicto Cesar Ramos de Faria, integrante da primeira formação do grupo de choro Época de Ouro, nasceu no bairro de Botafogo em 1942 e desde pequeno gostava de ouvir choros e sambas. Assim, teve a oportunidade de conviver com grandes chorões da época, como Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Dilermando Reis, entre outros, observando a maneira de tocar dos músicos. Embora o pai não desejasse que o filho se tornasse músico, este, contudo, o convenceu a lhe dar um violão, instrumento que começou a aprender a tocar sozinho, aos 15 anos e, logo depois com o violinista Zé Maria, amigo da família, que o instruiu com o método de Matteo Carcassi. Ao mesmo tempo, começou a se envolver com carnaval e organizou com um grupo de amigos o bloco carnavalesco Foliões da Rua Anália Franco, para representar a rua onde morava sua tia Trindade, no bairro de Vila Valqueire, na Zona Oeste do Rio, onde costumava visitar aos fins de semana e tinha mais liberdade para sair à noite. Por essa época, ingressou na ala de compositores da escola de samba Uninão de Jacarepaguá. Lá conheceu sambistas como Catoni e Jorge Mexeu e, atuando como cavaquista, compôs em 1962 "Pode Ser Ilusão", um de seus primeiros sambas. Pouco antes, logo após ter completado 19 anos, nosso homenageado conseguiu seu primeiro emprego como contador em uma agência bancária do centro do Rio e estudava economia. Em um dia de trabalho, viu Hermínio Bello de Carvalho, a quem conhecia de vista dos saraus musicais na casa de Jacob do Bandolim, entrar no banco para pagar uma conta e - depois de uma rápida conversa - lhe aconselhou a abandonar a carreira enquanto era jovem. Ele atendeu um convite para visitar o apartamento do poeta no catete, que naquela época era bastante frequentado por músicos, intelectuais e artistas diversos. Lá, pôde ouvir pela primeira vez gravações de compositores como Anescar do Salgueiro, Carlos Cachaça, Cartola, Elton Medeiros, Nelson Cavaquinho e Zé Ketti e também a ensaiar composições originais com Hermínio, um de seu primeiros parceiros musicais e grande incentivador de sua carreira. Ainda em 1963, Hermínio o levou para conhecer o Zicartola, bar e restaurante fundado por Cartola e a Dona Zica na Rua da Carioca que se convertera em um reduto de sambistas, chorões artistas, intelectuais e jornalistas. Quando aparecia por lá, o jovem no cavaquinho ou no violão, compositores e intérpretes e também se apresentando cantando músicas de outros autores e, após fazer um show com o compositor Zé Ketti, foi incentivado pelo mesmo a cantar suas próprias músicas no Zicartola. No ano seguinte, após ter acompanhado o cantor Ciro Monteiro em uma canja no Zicartola, decidiu abandonar seu posto de bancário para se dedicar exclusivamente à música. Também em 1964, seu primo Oscar Bigode, que era diretor de bateria da Portela, o convenceu a se mudar de escola de samba e o apresentou para a ala de compositores da agremiação de Oswaldo Cruz, onde ele mostrou a primeira parte de um samba que fazia e que Casquinha, um dos compositores portelenses, havia gostado e completado com a segunda parte, criando-se assim "Recado". Já em 1965, participou do musical "Rosa de Ouro", montado por Kléber Santos e Hermínio Bello de Carvalho, que marcou o retorno de Acaci Cortes e lançou Clementina de Jesus, e que culminaram na gravação do LP Rosa De Ouro Vol.1, pela Odeon. Ainda naquele ano, o nome de Paulinho da Viola apareceu no LP Roda de Samba, da Musidisc. Essa gravadora, a mesma onde Paulinho estava registrando seus sambas, pediu para Zé Ketti organizar o conjunto A Voz do Morro, composto por integrantes do conjunto Rosa de Ouro - Anescar do Salgueiro, Elton Medeiros, Jair do Cavaquinho, Nelson Sargente e Paulinho - e acrescidos de Oscar Bigode, Zé Cruz e o próprio Ketti. No processo de finalização desse álbum, um funcionário da Musidic não gostou do nome "Paulo César" e, tendo conhecimento da anedota, o jornalista Sérgio Cabral e Zé Ketti bolaram o nome artístico Paulinho da Viola. Nesse primeiro disco, aparecem as composições "Coração vulgar", "Conversa de malandro" e "Jurar com lágrimas". No início de carreira Paulinho foi parceiro de nomes ilustres do samba carioca, como Cartola, Elton Medeiros e Candeia, entre outros. Destaca-se como cantor e compositor de samba, mas também compõe choros e é tido como um dos mais talentosos representantes da chamada Música Popular Brasileira. Torcedor do Vascoda Gama, participou do show comemorativo dos 113 anos do clube, onde apresentou as músicas "Coração Leviano" e "Foi um Rio que Passou em Minha Vida". Reportamo-nos sobre PAULO CÉSAR BATISTA DE FARIA, artisticamente conhecida por PAULINHO DA VIOLA, 75 anos, nasceu no dia 12/11/1942, Rio de Janeiro/RJ. DISCOGRAFIA: Gravou 27 discos entre 1965 a 2007 sendo: 21 em estúdios e 06 em participações entre 1965 e 1967. Seus dotes artísticos são: Compositor, voz, cavaquinho e violão. Gênero: Samba e choro. Atividade: 1965 até o presente. FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Paulinho_da_Viola.

 

DEMOCRATIZANDO A POESIA:

 

"O menino do burrinho (Poesia de Rosângela Trajano).

 

O menino do burrinho
Muito cochilava
Quando nele sentava
Apenas sonhava.

 

O menino do burrinho
Não tinha morada
Não tinha pão
Não tinha nada.

 

O menino do burrinho
Gostava de um abraço
Em seu mundo de sonhos
Viajava ao espaço.

DEDICO ESTA EDIÇÃO: aos profissionais de supermercados, aos maus humorados porto-alegrenses, e aos gentis de todo o mundo.

QUEM canta...

"Dinheiro na mão é vendaval, é vendaval! / Na vida de um sonhador, um sonhador! / Quanta gente aí se engana / E cai da cama, com toda a ilusão que sonhou...". ("Pecado Capital" – Composição: Paulinho da Viola. Canta: P.V.).

... os males espanta!

ANTES DE IMPRIMIR REFLITA SE É REALMENTE NECESSÁRIO, O MEIO AMBIENTE AGRADECE!

*Hermes Alves de Oliveira (58 anos), é sindicalista, natural de Mossoró/RN, Técnico-Administrativo aposentado pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, admitido em 1º de agosto de 1976. Por vinte anos dedicou seus serviços no então Instituto de Letras e Arte - ILA, hoje FALA – Faculdade de Letras e Artes, onde ocupou o cargo de Secretário da FALA por quatro anos. É sócio fundador da antiga AFFURRN – Associação dos Funcionários da FURRN (hoje SINTAUERN) onde ocupou o cargo de tesoureiro na gestão 1985/1988. Em 1997 integrou equipe da Assessoria de planejamento da UERN (1997/1998), passou pela Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (03 anos), e foi Membro (suplente) do Conselho Curador da FUERN – Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2008/2010). Integrou o CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social (como suplente na primeira gestão em 1996/2000) e assumiu a titularidade (2000/2002) e posteriormente o CMS – Conselho Municipal de Saúde (2003/2006). Foi editor e apresentador do Programa Trabalho e Cidadania pela extinta FM Alternativa (96,5) no período de 2001/2006. De 18/07/2012 a 09/09/2014 foi suplente no CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social, representando a Sociedade Civil pelo SINAI. Por treze anos (2001/2014) trabalhou na Faculdade de Direito da UERN, lotado no Departamento de Direito e depois na Secretaria da Faculdade que, completados 38 anos de contribuição a IES, aposentou-se em setembro de 2014. É funcionário da DATANORTE (ex-COHAB) desde outubro de 1981. Milita nos movimentos social e sindical desde 1980, onde ocupou vários cargos como diretor do SINAI – Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Direta e Indireta do RN na Regional do Médio Oeste em Mossoró, no período de julho/1995 a novembro de 2016. Em 23/11/2016 tomou posse no Conselho de Representantes Sindical do SINAI para mandato no triênio 2016/2019.

sábado, 4 de novembro de 2017

BDC - Coluna de Notícias 793. (Anexo slide: Uma bofetada ao eleitor).

"DEMOCRATIZANDO A COMUNICAÇÃO – Coluna de Notícias"

Uma forma diferente de noticiar!"

Ano X – Edição nº 793 (geral) e 45 do ano. Fontes de informações: rádios, tv, jornais e e-mails.

*Hermes Alves de Oliveira, idealizador e editor – Criado em 13 de outubro de 2007.

Contatos telefônicos: (084) 98125-2674/Vivo, 98848-2592/Oi, 99416-4808/Claro, 99921-5275/Tim, 99948-4013/WA.

Contatos eletrônicos: hermesoliveira1@hotmail.com / http://democratizandoacomunicacao.blogspot.com.br/.

Mossoró/RN, sábado, 04 de novembro de 2017. Atualizações aos sábados.

Túnel do tempo = Ano: 2017. Semana: 44/52, dias: 308/365 e faltam 57 dias para o final do ano.

"Causos e poesias democráticos!"

"CASAL QUE COMBINA: Homem aborda mulher numa festa: - Oi gata. Qual seu nome? Maria das Dores; E o seu? – João Dorflex, muito prazer!". FONTE: Humor – Portal Walgom.com.br/. Abraços, Mané Beradeiro - Cidadão da lendária e mítica São Sarauê. Contador de Causos e declamador de poesia matuta na literatura do Rio Grande do Norte. (Francisco Martins – Escritor e criador d'O Mané Beradeiro. www.franciscomartinsescritor.blogspot.com).

 

Estimados/as Amigos/as:

Participamos da Assembleia Geral dos técnicos-administrativos da UERN, na quarta-feira (01), cuja pauta principal foi deliberar adesão à Greve Geral puxada pelo FSE – Fórum de Servidores Estaduais do RN, já que existe uma deliberação de adesão às paralizações a nível nacional. Duas situações muito preocupante nos debates e o sindicato precisa muito trabalhar: 1) Nível de conscientização de lutas e, 2) Desunião de classes. Boa leitura nobre leitor/a.

 

ENERGIA: EMPRESAS PRIVADAS JÁ DETÊM 60% DA GERAÇÃO DO BRASIL - A iniciativa privada já detém 60% da capacidade de geração de energia instalada no país, além de 39% da transmissão (que interliga o sistema) e 71% da distribuição (que entrega a energia ao consumidor final). O levantamento é da Thymos Energia. O leilão de quatro usinas que pertenciam à Cemig ampliou pouco mais a presença do investidor privado na geração. Antes, sua fatia era de 59%.

Quando se olha a história do setor, esse avanço privado na geração simboliza novos tempos e indica que serão os estrangeiros os principais investidores daqui para frente. A privatização da área de energia ocorreu nas empresas de distribuição, a partir de 1997, no governo de Fernando Henrique Cardoso. Na época, forte resistência política e de servidores públicos inviabilizaram a privatização das usinas de geração.

A expansão da geração na última década, porém, ocorreu com leilões à iniciativa privada. A maioria teve como vencedor grupos locais como Odebrecht e Camargo Corrêa, que acabaram investigadas na Operação Lava-Jato. 

"Os grupos nacionais com maior presença na geração são empreiteiras. Por isso nenhum brasileiro se apresentou no último leilão. A tendência é que os estrangeiros aumentem a participação no Brasil", diz Ricardo Lima, consultor da área. Dos 40% ainda em poder de empresas públicas, 35% são da Eletrobras, que o governo estuda como privatizar. FONTE: Portal walcom.com.br/.

 

ADUERN: "GREVE POR DIGNIDADE". A decisão da categoria docente da UERN de entrar em greve a partir do dia 10 de novembro de 2017 não pode ser festejada, tampouco ser tratada com indiferença ou simplesmente na retórica, respeitada. Essa greve representa a indignação da categoria frente ao descaso e desrespeito com que o governo do estado do Rio Grande do Norte tem tratado os servidores públicos e, em especial, os/as professores/as da UERN. Há 20 meses os/as trabalhadores/as do estado vivenciam uma situação de incerteza em relação ao pagamento dos salários e uma condição de precarização do serviço público que afeta grande parte da população do Rio Grande do Norte.

A greve, deliberada por ampla maioria da categoria docente da UERN, é resultado de uma política econômica desastrosa que condiciona os/as trabalhadores/as do Estado a carregarem os serviços públicos nas costas. Saúde, educação, segurança e os demais serviços só funcionam porque os/as trabalhadores/as assumem o compromisso de todos os dias exercerem o seu trabalho com responsabilidade. É resultado, também, dos ataques recentes que têm sofrido a Universidade e a categoria docente: retirada dos aposentados da folha de pagamento da UERN; ameaça de suspensão do plano de saúde por falta de repasse do governo; rebaixamento do valor do auxílio saúde, bem como a exclusão dos aposentados a esse auxílio. Tudo isso se soma ao insustentável quadro de atrasos salariais e cinco anos sem qualquer reposição.

A nossa Greve é por Dignidade sim! Exigimos salários em dia; Exigimos a retirada da mensagem à assembleia que aumenta a alíquota previdenciária; Exigimos condições melhores de trabalho; Exigimos a permanência dos aposentados na folha de pagamento da UERN; Exigimos respeito ao nosso trabalho, ao nosso suor, ao nosso saber, a nossa vida. Exigimos a existência da UERN como Universidade Pública, Gratuita e de Qualidade. É o nosso compromisso! (...). FONTE: www.aduern.org.br/.

 

REJANE CUNHA, REPÓRTER POR UMA EDIÇÃO. - A amiga Rejane com mais uma colaboração aqui na série. Manda gente fina!

Natal. A Companha Era Uma Vez apresenta um espetáculo de música, luzes, efeitos especiais e desfile de seus personagens em "A Chegada de Papai Noel" no Praia Shopping. O espetáculo começa às 17h, na Praça de Alimentação – Entrada grátis!

 

BRONCA DO LEITOR/INTERNAUTA (568). – Como na Alemanha a única alternativa encontrada para direita foi Adolf Hitler, aqui a direita reacionária, truculenta junto com a chamada liberal, ensaia. Apoiar o aventureiro fascista Jair Bolsonaro. O cenário está sendo montado para seguir esse roteiro. A Hermes Oliveira - Democratizando, a Croácia brasileira está correndo um sério risco. Rubens Coelho, via faceboo, em 30/10/2017.

 

FIQUE SABENDO... A Fraude da "Cura Gay" – (re)patologização da homossexualidade, nunca mais! (2/3). Alipio De Sousa Filho – Professor da UFRN, cientista social, editor da Revista Bagoas: estudos gays gênero e sexualidade/UFRN. Autor de "Tudo é construído! Tudo é Revogável! A teoria construcionista crítica nas ciências humanas" (Cortez Editora, 2017). FONTE: e-mail pessoal, em 23/10/2017.

Agora, temos o charlatanismo da vez, propondo uma "cura" para o que nunca foi doença ou um problema emocional ou psíquico em si.

A ideia de "cura" de gays de sua homossexualidade é uma ideia que rebaixa a dignidade de homossexuais, lésbicas e transgêneros, assim como ideia que concorre para quebrar a igualdade destes na interação social. Pois trata-se da ideia que estes são portadores de alguma "dificuldade" (emocional, psicológica, social, existencial) para interagir com todos os demais na sociedade, em virtude de serem portadores de "desvios" no desenvolvimento do curso normal da sexualidade, esta concebida sempre apenas no singular e como unicamente heterossexual para que possa ser admitida como "normal" e "saudável". Uma concepção de sexualidade em tudo afastada do conhecimento estabelecido pelas ciências humanas e múltiplas filosofias críticas, únicas ciências ocupadas com o estudo da sexualidade humana em suas diversas expressões culturais, sociais e históricas. Únicas ciências habilitadas a falarem do assunto, pois, quando se trata de "sexualidade humana", estamos diante não de uma realidade biológica mas de uma realidade social, de alto a baixo construída sob a vigência de modelos culturais e históricos, o biológico sendo apenas dados secundários e inteiramente à disposição da modelagem sociogênica – na realidade de uma espécie (animal) cuja principal característica é não ter nenhuma especialização e direção biológicas que a determine e defina. E conhecimento que já construiu um entendimento para o qual nem mesmo há o que se possa verdadeiramente chamar "sexualidade" no ser humano, pois o que temos sempre e unicamente são os corpos, seus desejos e prazeres, estes correspondendo à multiplicidade de seres humanos, culturas, povos, épocas, e qualquer estandardização ou padronização não servindo a conhecer e compreender como indivíduos, culturas e épocas articulam sensações, prazeres, imagens, fantasias, representações, práticas e significações que vão configurando o que, de modo muito singular e diversificadamente, cada indivíduo e cada cultura e época chamam de sexo, práticas sexuais, "sexualidade".

E nada disso sem que não esteja submetido a construções arbitrárias (convenções) que buscam instituir, a cada vez, regimes de normalidade, que, em seu próprio caráter arbitrário, mostram-se inteiramente e escancaradamente parciais, e construções que não repousam sobre nenhum fundamento que as tornem legítimas em si mesmas para se impor a todos sem questionamentos. E ainda todas as pretensões de certas instituições e agentes sociais fazerem crer que existe o que se possa chamar "sexualidade", e esta como se fosse uma substancia que habita o corpo de todos, podendo ser esta ou aquela, e podendo ser classificada de normal/natural ou anormal/contrária a natureza, e sempre como uma realidade fisiopsicobiológica, nada há, nos corpos humanos, que se possa ter por tal, pois não há corpo humano in natura, mas sempre corpo socializado, isto é, submetidos a aprendizados de linguagens que os fabricam no menor de seus detalhes (incluindo estruturas e funções cerebrais, como demonstram estudiosos diversos da neurociência atual, em contrário a tendências que falam de "cérebro" como órgão autônomo e biologicamente especializado antes de qualquer socialização, aprendizado e habituação); e entre outro desses detalhes, aprendizado também das práticas do sexual, do erótico, do afetivo. Assim, não trazendo nada do nascimento, ao invés de uma "sexualidade" biológica, genética, congênita, inata, o que o ser humano conhece e pratica no âmbito do sexual é por vivência, experimentação, habituação… ou por imposições sociais… no que vão se definindo escolhas, preferências, opções, mais ou menos conscientemente, o que torna todas as preferências ou orientações (se se quer utilizar esse termo…) sexuais iguais e legítimas em si mesmas.

E vamos a um assunto: o caso histórico da universalidade da hegemonia da heterossexualidade por toda parte não faz desta variante das práticas sexuais humanas sua única prática normal nem a única "conforme a natureza", como pretendem os charlatões de plantão. Em primeiro lugar, é importante repetir: o universal não é o natural nem o normal. O fato que algo da cultura humana seja universal não dota o que quer que seja de alguma propriedade natural nem o faz de "normal" senão porque foi instituído como tal. Para o assunto em questão, a heterossexualidade é apenas mais um caso de instituição social humana que conseguiu sua hegemonia, igualmente como a dominação masculina, mas por diversas batalhas, lutas, práticas, violências e imposições no curso histórico de nossas sociedades, tornando-se apenas mais um caso de "vencedor" que impõe controle, silêncio e esquecimento aos "vencidos". A esse propósito, são esclarecedoras obras como as dos historiadores John Boswell, Louis-George Tin e Bernard Sergent e análises como as de autores como Michel Foucault e Didier Eribon. Ainda que sem o seu nome, as práticas homoeróticas existem desde a noite dos tempos …. Todavia, essas práticas, como uma variante do desejo sexual humano, na história de sua "derrota" até aqui, foram transformadas em assunto de etiologia médica, objeto de diagnósticos, e tema de todas as fantasias e fraudes nas tentativas de conceituá-la como um "desvio", uma "patologia", uma "interrupção no desenvolvimento do curso normal da sexualidade", e mesmo até, mais recentemente, como uma "orientação sexual" (definição que o movimento LGBTI mundial aceitou acriticamente, na esperança de, com o novo conceito, enfrentar a fúria homofóbica dos conservadores e reacionários. De fato, não perceberam que o novo conceito não passava também de um outro diagnóstico). Aliás, todas essas tentativas de nomeação e patologização do desejo homossexual são engenhos que somente tiveram seu aparecimento no correr do século XIX e XX, inicialmente em sociedades europeias e, posteriormente, espalhados para boa parte do mundo.

De uma modalidade do sexo humano, a homossexualidade (como se instituiu chamar a partir do século XIX), destituída de seu lugar de prestígio como antes entre outros povos e culturas antigas, e tendo sido capturada pelo discurso médico e jurídico, foi transformada em objeto para o qual se tornava necessário investigar suas "causas". Não raro transformada em algo entre o delito e a doença. Agora, temos o charlatanismo da vez, propondo uma "cura" para o que nunca foi doença ou um problema emocional ou psíquico em si. E se há o caso daqueles que, sendo LGBTI, experienciam algum sofrimento, sabemos todos se tratar de sofrimento produzido pelas pressões e injunções morais e sociais de sociedades que praticam preconceito e violências contra todos aqueles dissidentes da presumida sexualidade normal. Sofrem por ação de agentes externos aos seus desejos, não por eles como tais.

Mas os conservadores e reacionários do país e do mundo estejam certos: as tentativas de (re)patologização da homossexualidade, assim como da bissexualidade ou da transexualidade, fracassarão. Não haverá esforço que reinstitua a ideia que se trata em todos esses casos de práticas de "anormais": o século XIX não será reinstalado no século XXI. Isso porque, ainda que com alguma dificuldade, boa parcela de nossas sociedades já compreendeu se tratar não de "problemas sexuais" ou de "anormalidade" de quem quer que seja, mas de escolhas, opções, preferências que as pessoas têm o direito de assumir como parte de suas liberdade e autonomia no âmbito da libido, do desejo, do erotismo e dos afetos. Se resta uma parte da sociedade, por analfabetismo nas ciências que estudam o humano, o comportamento humano, as práticas humanas (que não são as ciências médicas, biológicas, mas as ciências humanas), que ainda se deixa convencer por discursos de charlatões que se metem a falar do que não sabem ou por puras intenções ideológicas, há uma outra que não se submete mais (e já virou as costas) para mentiras contadas como verdades, crenças religiosas sem fundamento, discursos moralistas, artifícios daqueles que, ao que parece, infelizes com sua própria vida, querem submeter a todos à sua infelicidade. (...)

 

CONQUISTE SEU EMPREGO:

MA: A PM – Polícia Militar do Maranhão realizará CONCURSO PÚBLICO oferecendo 1.214 (mil, duzentas e quatorze) VAGAS PARA SOLDADO E TENENTE, inscrições reabertas até o dia 30/11/2017. Escolaridade exigida: MÉDIO / SUPERIOR. Salários: até R$ 6.913,74;

PB: A UEP – Universidade Estadual da Paraíba realizará CONCURSO PÚBLICO, oferecendo 197 (cento e noventa e sete) VAGAS PARA TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS, inscrições prorrogadas até o dia 09/11/2017. Escolaridade exigida: FUNDAMENTAL / MÉDIO / SUPERIOR. Salários: até R$ 3.396,43. Maiores informações pelo edital no site: www.pciconcurso.com.br/concursos.

 

PANO RÁPIDO:

PROFESSORA GANHA AÇÃO CONTRA FACULDADE. A Sociedade Paranaense de Ensino e Tecnologia (SPET), de Curitiba (PR), foi condenada pela Justiça do Trabalho a pagar R$ 15 mil a uma professora por ter se utilizado de seu nome e sua titulação de mestrado para obter o reconhecimento do curso de Comunicação Social pelo Ministério da Educação, com a informação fictícia de que ela, como coordenadora do curso, era contratada em regime de 40 horas semanais. Por unanimidade, a Quinta Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve a condenação, rejeitando recurso pelo qual a docente pretendia aumentar o valor da indenização. FONTE: www.tst.jus.br/.

 

REGISTROS:

AMIGOS/AS DE PARABÉNS NA SEMANA!"Chegou a hora de apagar a velinha / Vamos cantar, aquela musiquinha! / Parabéns! / Parabéns! Pelo seu aniversário!" - Dia 05: Francisco Valadares Filho – Prof. e Laís Lacerda. Seguidos por: Verônica Lima (06); Gesimar Alves – Prima, Haída Oliveira – UERN, Luiz Fernandes - FUNDAC e Zezineto Mendes – Prof. (07); Aritósteles Oliveira – Autônomo e Lourdes Melo – FUNDAC (08); Fca. Glaudionora da Silveira - Profª. e Lucinha Ibiapino – A. Social (09); Simara Rêgo – DATANORTE (10). E dia 11: Aluízio Dutra – Prof., Crizelda Rocha, Neto Rapadura – Mecânico e Sânzia Alves - Autônoma.

 

DO AMIGO/A LEITOR/INTERNAUTA: "Prezado Hermes. Agradeço se você revelar a este velho repórter sua opinião sobre o portal (walgom.com.br) "Walter Gomes – Informação e Análise". – Caro Walter Gomes, dinossauro do jornalismo brasileiro e internacional. O portal (walgom.com.br) é visto por este aprendiz - blogueiro, como uma grande orquestra sob o comando de um regente maior, pois, os componentes são por ele abalizado para integrar a orquestra, digo, o portal cujo instrumentos são: política, economia, direito, cultura, esportes, humor, vídeos, fatos e bastidores em Brasília e mundo. O porquê do Portal já expressa sua razão de existir. Parabéns amigo, já pesquei duas com os devidos créditos, claro! Saúde e paz gente boa!

 

MEMÓRIA:

HÁ 87 ANOS! – Fundada, em Natal, o Centro Mossoroense – por Francisco Nogueira do Couto, em 04/11/1930.

NA EDIÇÃO Nº 739/2016 (de 29/10), tratamos do seguinte tema: Centrais não vão se intimidar com corte de salários; Calendário fantasia; Cláudio Palheta, repórter por uma edição! PIS libera quarto lote (14º salário); Bronca do leitor/internauta (520), por Santino Arruda; Fique sabendo... "28 de outubro – Dia do Servidor Público". Por Jussara de Barros – é graduada em pedagogia.

DIA: hoje é Dia do Escoteiro do Brasil e dia do Inventor. Amanhã (05) será Dia da Ciência, Dia do Cinema Brasileiro, Dia do Designer, Dia do Escrivão de Polícia, Dia do Técnico Agrícola, Dia do Técnico em Eletrônica, Dia Nacional da Cultura e Dia do Radioamador (a partir de 1878 passou a ser comemorado em 05 de novembro).

 

DO MUNDO ARTÍSTICO:

Era o caçula entre os 12 filhos de Tito Fortes e de Irene Couto de Mello, aprendeu a tocar os primeiros acordes de cavaquinho quando ainda era criança, tendo começado a estudar vários instrumentos aos 15 anos, na época em que veio com a família de Teresina para Salvador. No final dos anos 60, trabalhava na TV Aratu quando adotou o apelido que o tornou famoso - o produtor David Raw perguntara qual era seu nome e o futuro cantor respondeu: "É João, só". Em 1971 defendeu seu primeiro sucesso, Canção para Janaína, no sexto Festival Internacional da Canção. Em seguida gravou aquele que seria seu maior sucesso, Menina da Ladeira. Ainda do começo da década de 1970 datam seus outros êxitos: Ando na Velocidade e Copacabana. A partir de 1978, João Só passou a se dedicar somente a shows, tendo se apresentado centenas de vezes por todo o Brasil, deixando gravados 15 discos e algumas fitas, contendo mais de 40 músicas de sua autoria, nos 20 anos de sua carreira. Entre elas, curiosamente, também compôs o primeiro hino oficial do time de futebol Londrina Esporte Clube, "Bandeira do Meu Coração", na sua campanha de 1977. Estava descansando na casa de familiares quando faleceu em decorrência de um infarto, aos 48 anos, já esquecido pelo grande público. Deixou apenas um filho, Richard Fortes. Reportamo-nos sobre JOÃO EVANGELISTA DE MELO FORTES (in memorian), artisticamente conhecida por JOÃO SÓ, em 03/11/1943, em Teresina/PI e faleceu aos 48 anos em Salvador/BA, no dia 20/06/1992. DISCOGRAFIA: Gravou 15 discos e seus dotes artísticos são: Cantor, compositor, músico e violão (instrumento). Gênero: MPB. Atividade: 1970/1992. FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/João_Só.

 

DEMOCRATIZANDO A POESIA:

 

"A bruxa peralta (Poesia de Rosângela Trajano).

 

Para Mara que gosta das bruxas.

 

A bruxa peralta
Assusta as crianças
De vassoura na mão
Vive de mudanças.

 

A bruxa peralta
Um gato adotou
Na feira do sábado
Abóbora comprou.

 

A bruxa peralta
Gosta da sexta-feira
Para comer
Lagartixa com areia.

DEDICO ESTA EDIÇÃO: aos escoteiros, inventores, cientistas, profissionais do cinema, designers, escrivãos, técnicos agrícolas e eletrônicos, também aos rádios amadores.

QUEM canta...

"Menina que mora na ladeira / que desce a ladeira sem parar / Debaixo do pé da laranjeira, Se senta pra poder descansar...". ("Menina da Ladeira" – Composição: João Só e Abandonados. Canta: J.S.).

... os males espanta!

ANTES DE IMPRIMIR REFLITA SE É REALMENTE NECESSÁRIO, O MEIO AMBIENTE AGRADECE!

*Hermes Alves de Oliveira (58 anos), é sindicalista, natural de Mossoró/RN, Técnico-Administrativo aposentado pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, admitido em 1º de agosto de 1976. Por vinte anos dedicou seus serviços no então Instituto de Letras e Arte - ILA, hoje FALA – Faculdade de Letras e Artes, onde ocupou o cargo de Secretário da FALA por quatro anos. É sócio fundador da antiga AFFURRN – Associação dos Funcionários da FURRN (hoje SINTAUERN) onde ocupou o cargo de tesoureiro na gestão 1985/1988. Em 1997 integrou equipe da Assessoria de planejamento da UERN (1997/1998), passou pela Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (03 anos), e foi Membro (suplente) do Conselho Curador da FUERN – Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2008/2010). Integrou o CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social (como suplente na primeira gestão em 1996/2000) e assumiu a titularidade (2000/2002) e posteriormente o CMS – Conselho Municipal de Saúde (2003/2006). Foi editor e apresentador do Programa Trabalho e Cidadania pela extinta FM Alternativa (96,5) no período de 2001/2006. De 18/07/2012 a 09/09/2014 foi suplente no CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social, representando a Sociedade Civil pelo SINAI. Por treze anos (2001/2014) trabalhou na Faculdade de Direito da UERN, lotado no Departamento de Direito e depois na Secretaria da Faculdade que, completados 38 anos de contribuição a IES, aposentou-se em setembro de 2014. É funcionário da DATANORTE (ex-COHAB) desde outubro de 1981. Milita nos movimentos social e sindical desde 1980, onde ocupou vários cargos como diretor do SINAI – Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Direta e Indireta do RN na Regional do Médio Oeste em Mossoró, no período de julho/1995 a novembro de 2016. Em 23/11/2016 tomou posse no Conselho de Representantes Sindical do SINAI para mandato no triênio 2016/2019.


Livre de vírus. www.avast.com.